Como tornar sua marca realmente relevante para os clientes

Pare de promover seus negócios em todos os lugares e comece a construir relacionamentos duradouros com seus consumidores.

Como tornar sua marca realmente relevante para os clientes
Como tornar sua marca realmente relevante para os clientes
As pessoas não escolhem comprar da sua marca por capricho. Há sempre uma razão por trás de suas decisões. E descobrir essa razão é a chave para destacar sua marca e ampliar os negócios.
Um consumidor médio recebe milhares de mensagens publicitárias todos os dias – por e-mail, nas redes sociais, no smartphone, em cartazes no metrô, etc. Mas dessas incontáveis oportunidades, o consumidor vai comprar apenas de algumas marcas seletas. Então, como garantir que você consiga se destacar e ficar entre as escolhas desse consumidor?
Você não pode sobreviver apenas fazendo barulho e confiando somente em um marketing passivo. Não dá para gritar aos quatro ventos que você está fazendo “a melhor promoção de todastodos os dias.
Promover sua marca em todos os lugares e o tempo todo não funciona. Você precisa de foco na construção de relacionamentos com consumidores-chave que estarão interessados no que sua marca tem a oferecer. A seguir, listamos três formas de transformar consumidores em fãs leais à sua marca.

1 – Foco no público-alvo

Você pode ter o melhor produto do mundo, mas se ninguém dá a mínima para ele, não vai vender nada. Antes de pensar em marketing ou vendas, é preciso pensar nos consumidores. Qual é o tipo de pessoa que você está tentando alcançar e o que essa pessoa quer?
Faça pesquisas baseadas em tópicos como localização, idade, sexo e profissão. Depois, tente encontrar as ‘dores e necessidades’ dessas pessoas. Em vez de pensar em um marketing para as massas, pense em como desenvolver uma estratégia de marketing para uma pessoa.
Os consumidores hoje estão mais espertos do que nunca. E são muito céticos a respeito de marcas que ficam tentando chamar sua atenção o tempo todo com bombardeios de anúncios. Esses consumidores preferem marcas que os ajudam e agregam valor às suas vidas.
Procure não forçar a barra de uma venda e não utilize linguagem promocional demais. Faça com que seu marketing consiga mostrar como seu produto ou serviço pode ajudar o consumidor a mudar sua vida para melhor.

» Se você quer transmitir confiança e profissionalismo para seus clientes, sua empresa deve estar um endereço de prestígio da cidade. Conheça os Escritórios Virtuais e Escritórios Compartilhados da Locus e melhore a imagem corporativa da sua empresa.

2 – Não tenha medo de controvérsias

Ao tentar atingir o maior número de pessoas para que elas passem a gostar da sua marca, dizer algo controverso é, provavelmente, a última coisa que você pensaria em fazer. É claro que você não deve ofender ninguém ou procurar problemas, mas compartilhar uma opinião pode fazer com que as pessoas se identifiquem com sua marca.
Isso se deve ao fato de que tentar atingir todo mundo não funciona. E não tem problema, pois nem todo mundo é o consumidor ideal para sua marca. Se você nunca compartilhar uma opinião ou escolher um lado, ninguém deixará de ‘gostar’ de você, mas também não terão grandes motivos para gostar.
Não fique com medo de ser controverso. Você pode perder alguns clientes que discordam de você, mas aqueles que concordam vão passar a gostar ainda mais da sua marca.

3 – Seja humano

Uma marca é algo impessoal. É uma entidade abstrata, um logo, um slogan. Como esperar que as pessoas se importem com ela dessa forma?
Para fazer as pessoas gostarem da sua marca, você precisa ser mais pessoal, mais humano. Pessoas gostam de pessoas – elas querem saber quem é o ser humano que está por trás da marca que elas estão seguindo.
Por isso, não adianta apenas ser controverso, é preciso criar engajamento. Seu conteúdo deve ser desenvolvido como se estivesse falando com um amigo. Inicie conversas online e responda aos comentários. Se os seus consumidores tiverem dúvidas ou algum problema, seja proativo para ajudá-los. Se você quer que as pessoas se importem com sua marca, você deve primeiramente se importar com as pessoas.
Para ser autêntico, você precisa definir os valores da sua marca. O que a sua marca defende e quais são esses valores? Então, certifique-se de que todas as ações de marketing estejam totalmente alinhadas com esses valores.

» Humanize seus serviços agendando reuniões presenciais ou fazendo palestras para seus clientes. Conheça as salas de reunião e auditórios da Locus para locação por hora.

Autenticidade inspira confiança e, se seu público confia na sua marca, eles comprarão de você.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.